diferença entre rinite e sinusite

Qual a diferença entre rinite alérgica e sinusite?

Tanto a rinite alérgica como a sinusite apresentam sintomas semelhantes nas suas fases
iniciais e, por essa razão, é comum estas condições de saúde serem confundidas uma com a
outra. No entanto, se olharmos em detalhe para as causas e sintomas de cada uma, torna-se
claro que rinite alérgica e sinusite são duas doenças distintas.

A rinite alérgica, ou febre dos fenos, é uma inflamação das membranas nasais, desencadeada
pela exposição a fatores alergénios como o pólen, esporos, pelo e saliva de animais, ou até
fumo de cigarros ou certos detergentes da roupa. Acontece quando o sistema imunitário
interpreta o alergénio como um perigo à sua saúde e, como tal, leva o seu corpo a libertar
histamina, uma substância que tem como função atacar corpos estranhos ao organismo. Por
outras palavras, a substância que leva aos espirros, congestão nasal, tosse, e restantes
sintomas.

Já a sinusite é uma inflamação dos seios nasais, isto é, das cavidades ocas à volta do nariz.
Estas cavidades são responsáveis pela produção e drenagem do muco que mantém os
condutos nasais húmidos e hidratados. Por vezes, estes condutos ficam bloqueados e, como
tal, o fluido acumula-se, originando condições que permitem o crescimento de microorganismos
e o aparecimento de uma infeção.

Apesar de, como referimos, os sintomas da rinite e da sinusite começarem por ser bastante
semelhantes (nomeadamente o nariz entupido), a partir de uma certa altura, começam a ser
evidentes certas diferenças, e é aí que poderá perceber com que doença está a lidar. Assim, a
pergunta mais importante no que toca a esta tema é: quais são os sintomas de cada uma
destas doenças?

Quais os sintomas da rinite alérgica?

Quando em contacto com o fator alergénio que o seu sistema imunitário interpreta como um risco para o seu bem-estar, é provável que se depare com os seguintes sintomas:

  • Congestão nasal.
  • Comichão nos nariz, olhos, boca ou garganta.
  • Espirros.
  • Tosse.
  • Inchaço das pálpebras e da zona inferior dos olhos.
  • Corrimento nasal.
  • Perda de olfato.
  • Olhos lacrimejantes e irritação/vermelhidão dos olhos (conjuntivite alérgica).
  • Fadiga.

Quais os sintomas da sinusite?

Existem dois tipos de sinusite – a aguda e a crónica – e cada uma apresenta um conjunto específico de sintomas.

A sinusite aguda dura menos de quatro semanas e costuma causar mais sintomas do que a crónica, incluindo:

  • Dor e pressão no rosto.
  • Corrimento nasal (normalmente espesso, esverdeado ou amarelado).
  • Perda de olfato.
  • Congestão nasal.
  • Tosse.
  • Dor de dentes.
  • Febre.
  • Fadiga.
  • Mau hálito.

Já a sinusite crónica dura mais do que doze semanas e costuma manifestar-se através dos seguintes sintomas:

  • Congestão facial.
  • Corrimento nasal.
  • Pus nas cavidades nasais.
  • Drenagem retronasal (isto é, quando sente muco a descer até à sua garganta).
  • Febre.

Existe alguma relação entre a rinite alérgica e a sinusite?

Depois de ler toda a informação referida neste artigo, torna-se evidente que a rinite alérgica e a sinusite são duas doenças respiratórias diferentes. Mas isso não significa que não haja uma relação entre as duas.

Esta relação é, na verdade, bastante simples de entender: um dos principais sintomas da rinite
é a congestão nasal e, tendo em conta que a sinusite é causada pela acumulação de fluídos
resultante do bloqueio dos condutos nasais, a rinite alérgica não tratada pode acabar por levar
a uma sinusite.

À medida que os seus sintomas se desenvolvem, é possível que consiga perceber qual a
condição respiratória com que está a lidar. No entanto, e como deve imaginar, a melhor
maneira de encontrar uma resposta definitiva a esta questão é indo a um médico especialista
em alergias e imunologia. Não hesite em procurar uma opinião profissional e aprenda a aliviar a
sua doença o mais rapidamente possível.